Setembro – Italia 2019-11-11T22:52:47-03:00

Pinóquio

Pinóquio é um boneco, feito em madeira pelo artesão Gepeto, que tinha o desejo de ter um filho. O desejo de ser pai era tão grande que, por milagre, o boneco ganha vida, para alegria de seu criador. O pai, então, resolve manda-lo para a escola para que aprendesse a ler e a escrever.

Pinóquio sempre se metia em confusões.  Seu amigo Grilo Falante lhe aconselhava para que não se envolvesse em problemas, no entanto, ele não escutava o seu amigo e estava sempre metido em alguma situação complicada.  Um dia encontrou uma senhora que o ajudou e perguntou onde morava e o nome de seu pai. Sem saber que se tratava de uma fada, Pinóquio quis esconder a verdade e respondeu que não tinha casa, nem pai. Imediatamente seu nariz de madeira começou a crescer e a cada nova mentira só aumentava.

Depois de fazer muitas besteiras, um dia foi jogado ao mar e acabou engolido por uma baleia. Para sua surpresa, encontra o pai, que tinha ido procurar por ele e também tinha sido engolido pela baleia. Pinóquio e o pai se unem para que possam sair dali e voltar passa casa, o que conseguem com a ajuda de um peixe, que também tinha sido engolido.

Por sua prova de coragem e amor pelo pai, a fada entende que Pinóquio, finalmente, havia se transformado e dá a ele a alegria de se tornar um menino de verdade, concretizando, assim, o sonho de Gepeto de ter um bom filho.